Dia das Crianças: consumidor catarinense está mais otimista na hora da compra

20 Fevereiro, 2018 - Atualizado em 27 dezembro, 2017

Pesquisa de avaliação do Dia das Crianças comprova aumento na efetivação de compras na data.

Após o registro de alta anual no valor do ticket médio (35,6%) nas vendas do Dia das Crianças no comércio catarinense, mais um indicador nas vendas reforça os números positivos para o setor: o aumento na efetivação das compras foi de 12,5 pontos percentuais- dando um salto de 55,9% em 2016 para 68,4% em 2017. Os dados são da Pesquisa de Avaliação do Consumidor – Dia das Crianças 2017, realizada pela Fecomércio SC em Blumenau, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Joinville, Lages e Itajaí.

Confira o relatório de Avaliação do Consumidor na íntegra

O estudo apontou uma alta de 2,7 p.p na realização de pesquisa de preço. Apesar da cautela por parte dos consumidores, o aumento na média de presentes comprados – de 1,85 p.p para 2,14 p.p, demonstra uma tímida reação para mercado, já que a data é um termômetro das vendas de Natal.

“Os resultados indicam a continuidade do ritmo de alta que o varejo catarinense tem registrado nos últimos 10 meses consecutivos- até agosto. É fato que o consumidor ainda se mantém cauteloso, mas vem demonstrando otimismo na hora compra, comportamento que prevê um aquecimento nas vendas impactando positivamente no desempenho do comércio no final do ano”, avalia o presidente da Fecomércio SC, Bruno Breithaupt.

O comércio de rua foi a opção dos consumidores catarinenses (73,3%), os shoppings tiveram uma queda no movimento de 4,6p.p – de 24,5% em 2016 para apenas 19,9% este ano. Outro dado que chama atenção é a presença mais forte do e-commerce a cada ano: em 2015 (1,9%) em 2016 chegou a 2,9% e em 2017 3,2% dos consumidores escolheram as compras on-line para presentear os pequenos. Os brinquedos continuam na preferência dos consumidores (50,8%), seguido de vestuário (25,5%). Já no gasto médio, quem optou pelos eletrônicos investiu mais, pagando cerca de R$546,50 no presente. Os brinquedos foram o terceiro gasto médio mais representativo, em média R$155,10.

A pesquisa também aponta a experiência de compras do consumidor sobre a data, avaliando o atendimento no comércio, e compreendendo diversos comportamentos, como os principais atributos de escolha do presente. O ranking de influência na hora da compra foi bem equilibrado entre as características dos produtos (8,84) e local (8,42). A escolha pelo preço não foi decisiva (7,67) e a promoção nas lojas teve o menor impacto no peso da escolha (5,80).

Leia também

MERCADO 16 Fevereiro, 2018

Revogado decreto que aumenta impostos de produtos de perfumaria e higiene pessoal

PESQUISA 15 Fevereiro, 2018

Quem é o turista que circulou no Litoral de SC em janeiro?

ECONOMIA 09 Fevereiro, 2018

Comércio catarinense encerra 2017 com maior variação no volume de vendas do país

PESQUISA 09 Fevereiro, 2018

Maior consumo de pirataria em 2017 foi no dia dos pais e das crianças em Santa Catarina