Crescer Mais Sustentável

Atualizado em 23 abril, 2019

Quando se fala em sustentabilidade o que vem logo à cabeça é meio ambiente e soluções ecológicas, mas o significado vai muito além: trata-se do bem-estar das pessoas, de crescimento econômico, de otimização de recursos financeiros e naturais e de redução gastos. Esse conceito abrangente é um dos faróis que direciona a atuação da Fecomércio SC e o mote da campanha institucional Crescer Mais Sustentável.

A Federação encara a sustentabilidade como uma aliada da competitividade, uma vez que aumenta a produtividade, motiva transformações operacionais positivas, estimula a inovação e atrai os melhores talentos, tornando o mercado competitivo hoje e no futuro. Muitas vezes pequenas mudanças podem gerar grande impacto na vida das pessoas e no caixa das empresas.

Mas para Crescer Mais Sustentável é necessário ter um ambiente de negócios favorável ao empreendedorismo. Esse cenário só é possível com entidades empresariais sólidas, que atuam de forma propositiva, estratégica e com representatividade.

A Fecomércio SC vem trabalhando arduamente nos últimos anos para promover a sustentabilidade do setor representado. Na prática, a Entidade faz o monitoramento e acompanhamento sistemático de projetos de lei de interesse do setor representado, criando uma linha de frente aguerrida; oferece educação de qualidade por meio do Sesc e Senac, promovendo qualidade de vida e qualificação da mão de obra do comércio catarinense; e traz segurança jurídica às empresas do setor terciário com sindicatos patronais capacitados para negociações coletivas de trabalho.

Para dar um passo adiante, a Entidade fez um diagnóstico dos principais entraves que impactam na sustentabilidade dos negócios pela ótica do empresário. Entre as áreas que devem ser priorizadas em 2019 estão: infraestrutura (saneamento básico, rodovias e anéis viários); sistema legal e tributário (tecnologias para agilizar processos e segurança jurídica às empresas); ambiente econômico (dessazonalização do turismo e capacitação profissional aos trabalhadores); condições de inovação (parcerias com entidades internacionais e apoio público para inovar); captação de recursos (fomento e oferta de crédito para setores do comércio de bens, serviços e turismo); legislação trabalhista (desburocratização da contratação de terceirizados e modernização da legislação); concorrência (combate à pirataria e regulamentação do uso de aplicativos tecnológicos); comércio exterior (flexibilização e simplificação das regras aduaneiras e ampliação de investimentos em portos).

Nosso compromisso ao longo deste ano é atuar nas diferentes instâncias para mitigar esses gargalos e manter uma agenda propositiva para Santa Catarina Crescer Mais Sustentável.

Artigo originalmente publicado no Diário Catarinense, em 23.04.2019

Leia também

13 janeiro, 2020

Missão NY: mergulho na cultura do varejo

23 abril, 2019

Crescer Mais Sustentável

15 fevereiro, 2019

O desafio do futuro e a cabeça do passado

15 janeiro, 2019

Não à guerra fiscal