POLITICA

Às vésperas da sanção, relator da MP da Liberdade Econômica participa de debate em SC

Atualizado em 08 janeiro, 2020

Abertura de quase 4 milhões de vagas de emprego, alta de 0,7% no PIB per capital, queda na judicialização,  formalização do mercado e abertura de novos negócios.  Essas são as expectativas do deputado federal Jerônimo Georgen com a sanção presidencial da Medida Provisória  881/2019, conhecida  como MP da Liberdade Econômica, na tarde desta sexta-feira (20).

Poucas horas antes da cerimônia, o relator participou da reunião da Câmara de Relações Trabalhistas e Assuntos Legais da Fecomércio SC, onde falou para um público seleto de cerca de 100 convidados. “Um dos destaques da medida é o fim de licenças e alvarás para atividades e empreendimentos de baixo risco. Vamos criar igualdade de oportunidades para micro e pequenas empresas e deixar o Estado focado nas situações de risco”, comenta o parlamentar.

A MP cria direitos de liberdade econômica, estabelece garantias para diversas atividades, impondo restrições ao poder regulatório do Estado, e regula a atuação do Fisco federal. Entre as simplificações está a nova Carteira de Trabalho Eletrônica e a substituição do e-social, sistema que reúne dados trabalhistas, fiscais e previdenciários dos trabalhadores, considerado burocrático e complexo.


Desburocratização e a simplificação

Estima-se que em Santa Catarina as medidas criarão cerca de 180 mil empregos e que o PIB per capita poderá ser elevado em até 0,5% ao ano. Anfitrião do evento, o presidente da Fecomércio SC, Bruno Breithaupt, resume: “um grande passo para a desburocratização e a simplificação dos processos para empresas e empreendedores”.

“Essa medida veio em boa hora. Recentemente o Brasil avançou 16 posições no ranking Doing Business, que considera indicadores de abertura de empresas; obtenção de alvarás para construir; acesso ao crédito; pagamento de impostos; dentre outros. Passamos à centésima nona colocação entre 190 países. A expectativa com a MP é de que possamos figurar entre os 50 primeiros países em termos de competitividade”, afirma Breithaupt.

Após a reunião, Breithaupt viajou a Brasília a convite do deputado para participar da cerimônia no Palácio do Planalto.

Leia mais:

MP da Liberdade Econômica é aprovada sem regras de trabalho aos domingos

MP da Liberdade Econômica contempla “reivindicações históricas do setor produtivo”, avalia Breithaupt

“MP da liberdade econômica” pode desburocratizar ambiente de negócios, avalia Fecomércio SC

Leia também

MERCADO 21 setembro, 2020

VÍDEO: especialistas debatem impactos da LGPD nos negócios

MERCADO 21 setembro, 2020

Governo estabelece novas regras para eventos e prova de roupas em Santa Catarina

MERCADO 18 setembro, 2020

LGPD é sancionada e entra em vigor a partir desta sexta (18)

MERCADO 18 setembro, 2020

Fecomércio SC e Senac SC lançam novo portal do Observatório do Turismo