MERCADO

Fazenda de SC cria comitê para análise de propostas de atração de investimentos

Atualizado em 09 novembro, 2020

A Secretaria de Estado da Fazenda de Santa Catarina criou um comitê, no âmbito da Diretoria de Administração Tributária (DIAT), para a análise de propostas de atração de investimentos vinculados à concessão de tratamentos tributários diferenciados (TTDs). Leia a Portaria n. 247/2020

As propostas devem conter projetos de instalação, expansão ou manutenção, em território catarinense, de empreendimentos considerados de relevante interesse econômico, social e ambiental para o Estado.

São considerados empreendimentos de “relevante interesse econômico, social e ambiental” os projetos que atendam, especialmente, os critérios previstos para o Programa Pró-Emprego e Programa de Desenvolvimento da Empresa Catarinense (Prodec).

Para o Programa Pró-Emprego, estabelecido no Decreto n. 105/2007, são exigidos projetos que:

  •   Pretendam a implantação, expansão, reativação, modernização tecnológica, considerados prioritários ao desenvolvimento econômico, social e tecnológico do estado de Santa Catarina e resultem em geração ou manutenção de empregos;
  • Consolidem, incrementem ou facilitem exportações e importações.

Já para o Programa de Desenvolvimento da Empresa Catarinense (Prodec), estabelecidos no Decreto n. 704/2007, é exigido que os empreendimentos industriais:

  •  Gerem emprego e renda à sociedade catarinense;
  • Incrementem os níveis de tecnologia e competitividade da economia estadual; e
  • Contribuam para o desenvolvimento sustentado do meio ambiente, para a desconcentração econômica e espacial das atividades produtivas e para o desenvolvimento local e regional;
  •  Sejam direcionados a obras de infra-estrutura, especialmente em rodovias, ferrovias, portos e aeroportos catarinenses;
  •  Integrem as cadeias produtivas em nível local e regional, caracterizadas como Arranjos Produtivos Locais.

A portaria prevê a possibilidade das propostas serem analisadas de forma articulada com os demais órgãos do Governo do Estado e as entidades representativas dos setores econômicos, observada a legislação específica.

Leia também

ECONOMIA 03 dezembro, 2021

Economia desacelera e fica estagnada no 3º trimestre

ECONOMIA 02 dezembro, 2021

Confira as tendências e o comportamento de consumo no Natal em SC

ECONOMIA 01 dezembro, 2021

Consumidores devem economizar e pagar dívidas com 13 º em SC

ECONOMIA 30 novembro, 2021

Taxa de desocupação reduz, mas rendimento real deteriora em SC