ECONOMIA

Governo de SC promove alterações no credenciamento para emissão da NF-e e CT-e

Atualizado em 10 setembro, 2021

Por meio do Decreto nº 1.460/2021, publicado no DOE SC desta quinta-feira (9), o Estado de Santa Catarina alterou o Anexo 11 do RICMS-SC/2001, relativamente à suspensão do credenciamento para emissão da Nota Fiscal eletrônica (NF-e) e Conhecimento de Transporte eletrônico (CT-e). O ato em questão entra em vigor nesta sexta-feira (10).

Além das demais hipóteses previstas na legislação, o credenciamento para emissão da NF-e ou CT-e será sumariamente suspenso a partir de 01.03.2022, quando o contribuinte deixar de realizar o credenciamento do estabelecimento no Domicílio Eletrônico do Contribuinte (DTEC) dentro do prazo de 60 dias, contados da data da ativação da inscrição no CCICMS, exceto no caso de empreendedor individual optante pelo SIMEI.

O credenciamento, contudo, poderá ser restabelecido após suprida a omissão.

Leia também

ECONOMIA 15 outubro, 2021

Volume de Serviços mantém trajetória de recuperação, mas em ritmo gradativo

ECONOMIA 11 outubro, 2021

Oito em cada dez catarinenses estão cautelosos com compras grandes

ECONOMIA 08 outubro, 2021

Inflação de setembro é a maior desde 1994

ECONOMIA 07 outubro, 2021

Brasil flexibiliza entrada de estrangeiros