ECONOMIA

Mercado de trabalho em SC recupera parte das perdas em 2021

Atualizado em 24 março, 2022

O mercado de trabalho catarinense gerou 167.854 vagas de emprego em 2021- este é o quinto melhor resultado em número absoluto do país. O Estado alcança 2,282 milhões de empregados, recuperando grande parte das perdas ocasionadas pela pandemia, conforme dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados pelo Ministério do Trabalho e Previdência.

> Confira a análise do Caged 2021

Os setores representados pela Fecomércio SC são os motores do emprego em SC: 60% das vagas criadas são do setor de comércio e serviços, ou seja, 100.354 novos postos de trabalho.  O setor de serviços, que emprega 866.249 pessoas em Santa Catarina, gerou 66.806 novas vagas, variação de 598% diante de 2020 (9.571). Já o setor de comércio teve alta de 806% frente ao acumulado do ano anterior e criou 33.548 novos postos de trabalho, totalizando 499.312 vínculos trabalhistas.


Santa Catarina é o 4º estado que mais gerou emprego no setor de serviço no país e o 7º no comércio durante o ano de 2021 em valores absolutos. O forte resultado do ano é reflexo do avanço da vacinação e da redução das medidas de restrição das atividades econômicas. Em 2021, somente 7% dos municípios em SC tiveram mais demissões do que admissões.


Todos os segmentos do comércio registraram saldo positivo em 2021 e apenas o segmento de artigos de vestuários e acessórios, calçados, joias e relógios não recuperou as perdas do ano anterior, apesar do resultado positivo em 2021. Todos os segmentos do setor de serviços também apresentaram números positivos.

Confira o desempenho do mercado de trabalho:

Clica na  para abrir em tela cheia

Leia também

MERCADO 01 julho, 2022

Novas rotas devem impulsionar turismo regional no Oeste de SC

ECONOMIA 30 junho, 2022

Mercado de trabalho mantém saldo positivo em maio, mas apresenta sinais de desaceleração em SC

INSTITUCIONAL 24 junho, 2022

Vice-presidência da Fecomércio SC reúne lideranças do Sistema no Meio-Oeste

ECONOMIA 24 junho, 2022

Derrubada de veto do governador será passo importante pela justiça tributária, aponta Fecomércio SC