ECONOMIA

Parlamentares homenageiam comércio e indústria pelo enfrentamento à crise desencadeada pela pandemia

Atualizado em 08 novembro, 2021

A Fecomércio SC participará de Sessão Especial da Alesc em homenagem às empresas e empresários do comércio e da indústria pelo enfrentamento à crise  econômica desencadeada pela pandemia de Covid-19. A solenidade proposta pelo deputado Nilso Berlanda será realizada nesta segunda-feira (8), às 19h, no Plenário da Assembleia.

As entidades que compõe o Conselho das Federações Empresariais de Santa Catarina (Cofem) apontaram nomes que se destacaram em seus respectivos setores para receber a placa de reconhecimento. A Fecomércio SCs indicou a empresa catarinense de móveis e eletrodomésticos Koerich, que conta atualmente com 118 lojas no Estado.


As lojas Koerich apostaram na solidariedade e na inovação para superar o cenário adverso: investiram no Laboratório de Inovação, o K-Lab, para adequar a experiência do cliente ao novo momento; criaram o Konta, primeiro aplicativo financeiro do varejo no país para diversificar o acesso ao crédito; adequaram suas lojas para a implantação dos protocolos sanitários de segurança; e  reforçaram suas iniciativas sociais, como a doação de 50 toneladas de alimentos para comunidades carentes.


A Federação será representada pelo vice-presidente da Fecomércio SC, Emilio Rossmarck Schramm, e o vice-presidente da Grande Florianópolis, Marcelo May Philippi, além dos conselheiros e presidentes dos sindicatos filiados Laurindo Oslin Vanroo (Sirecom Grande Florianópolis), Marcio Koerich (Secovi Florianópolis/Tubarão), Paulino de Melo Wagner ( Sindilojas Florianópolis e Região) e Roberto Alexandre Carmes (Sincovar São José ).

Leia também

ECONOMIA 14 janeiro, 2022

Inflação provoca descompasso entre volume e receita do comércio catarinense em novembro

ECONOMIA 13 janeiro, 2022

Volume de serviços em novembro tem alta histórica para o mês

MERCADO 13 janeiro, 2022

Reajuste do piso mínimo regional em 2022 será de 10,5% em SC

ECONOMIA 12 janeiro, 2022

IPCA fecha 2021 em 10,06%, maior taxa desde 2015