MERCADO

Portaria permite parcelamento de débitos tributários vencidos e não pagos na pandemia

Atualizado em 11 fevereiro, 2021

Governo estabelece condições para negociação de tributos não pagos em razão dos impactos econômicos decorrentes da pandemia do coronavírus.  A Portaria PGFN 1696 de 11/02/2021 instituiu uma nova modalidade de negociação de tributos, desde que inscritos em dívida ativa da União até 31.05.2021 e não recolhidos por conta dos impactos econômicos causados pela pandemia da Covid-19.

Poderão ser objeto da chamada “transação da pandemia” os débitos de:

– Pessoa Jurídica vencidos no período de março a dezembro/2020, devidos pelas pessoas jurídicas;

– Microempresas (ME) e empresas de pequeno porte (EPP) do Simples Nacional vencidos no período de março a dezembro/2020;

– Pessoa Física, relativos ao IRRF, referente ao exercício de 2020.

O prazo de adesão para a negociação dos débitos é de 01/03/2021 a 30/06/2021.

Leia também

ECONOMIA 14 janeiro, 2022

Inflação provoca descompasso entre volume e receita do comércio catarinense em novembro

ECONOMIA 13 janeiro, 2022

Volume de serviços em novembro tem alta histórica para o mês

MERCADO 13 janeiro, 2022

Reajuste do piso mínimo regional em 2022 será de 10,5% em SC

ECONOMIA 12 janeiro, 2022

IPCA fecha 2021 em 10,06%, maior taxa desde 2015