MERCADO

SC prorroga por 15 dias medidas sanitárias contra Covid-19

Atualizado em 01 junho, 2021

O Governo do Estado prorrogou os protocolos sanitários contra a Covid-19 em Santa Catarina até o dia 15 de junho. O decreto 1.306/2021 foi publicado no Diário Oficial na noite de segunda-feira (31) e entrou em vigor nesta terça-feira (1).

Permissão de funcionamento das 05h00 até as 23h00 em qualquer nível de risco:

– Comércio de rua, shoppings, centros comerciais e afins;

– Supermercados, observando a ocupação de 50% e limite de acesso de 2 (duas) pessoas por família;

– Academias e centros de treinamento;

– Feiras, exposições e leilões

– Parques aquáticos e complexos de água termais

– Cinemas, teatros e circos

– Museus

– Parques temáticos e zoológicos, com ocupação de 50%

– Piscinas de uso coletivo, clubes sociais e esportivos, com ocupação de 50%;

– Áreas de uso coletivo de hotéis e similares, com ocupação de 50%

– Eventos públicos na modalidade drive-in

– Igrejas e templos religiosos

– Serviços não essenciais, com ocupação de 50%.

Eventos de grande porte que tenham repercussão regional, estadual ou nacional, além de competições esportivas de rua serão liberadas mediante deliberação tripartite entre Município, Região de Saúde e Secretaria Estadual de Saúde.

Restaurantes, bares, cafeterias, lanchonetes e afins

Riscos Gravíssimo e Grave: funcionamento das 05h00 as 23h00, entrada de clientes limitada até as 22h00;

Risco Alto: funcionamento das 05h00 a meia noite, entrada de clientes limitada até as 23h00;

Risco Moderado: funcionamento conforme fixado no alvará.

Casas noturnas, boates, casas de shows, pubs e afins

Riscos Gravíssimos e Grave: utilização do salão para a realização de eventos sociais, com limite de ocupação de 100 (cem) pessoas no gravíssimo e 150 (cento e cinquenta) pessoas no grave, respeitando os limites de distanciamento e os regramentos da Portaria SES 455/2021, das 06h00 às 23h00;

Risco Alto: funcionamento das 06h00 à meia noite

Risco Moderado: funcionamento conforme alvará

Atividades permitidas 24 horas por dia, em qualquer nível de risco

– Farmácias, hospitais e clínicas médicas;

– Serviços funerários;

– Serviços agropecuários, veterinários e de cuidados com animais em cativeiro;

– Assistência social e atendimento à população em estado de vulnerabilidade;

– Estabelecimentos que realizem atendimento exclusivamente na modalidade de tele-entrega;

– Postos de combustíveis;

– Estabelecimentos dedicados à alimentação ou à hospedagem de transportadores de cargas e de passageiros, situados em estradas e rodovias

– Hotéis e similares.

Leia também

ECONOMIA 14 janeiro, 2022

Inflação provoca descompasso entre volume e receita do comércio catarinense em novembro

ECONOMIA 13 janeiro, 2022

Volume de serviços em novembro tem alta histórica para o mês

MERCADO 13 janeiro, 2022

Reajuste do piso mínimo regional em 2022 será de 10,5% em SC

ECONOMIA 12 janeiro, 2022

IPCA fecha 2021 em 10,06%, maior taxa desde 2015