ECONOMIA

Alta dos preços em março resulta na maior variação do IPCA desde 1994

Atualizado em 11 abril, 2022

O Índice Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) permanece em tendência de alta pelo terceiro mês consecutivo e sem sinais de arrefecimento em curto prazo- avançou 1,67% na passagem do mês, depois de variar 1,01% no mês anterior. A taxa de março foi a maior para o mês desde 1994- naquele ano, o índice alcançou 42,75%, antecedendo a implementação do Plano Real, em 1º de julho de 1994.

Confira a análise sobre o IPCA de março/22

A pressão dos preços alcançou o maior nível em março ao atingir 73,16% dos produtos, segundo o índice de difusão mensurado pelo Banco Central do Brasil (BACEN) e que mostra o percentual de itens com aumento de preços.

A inflação elevada, persistente e disseminada ao consumidor aumenta as probabilidades do índice superar a meta da inflação para 2022. No acumulado de 12 meses, o IPCA saiu de 10,54% para 11,30%, muito acima da meta de 3,5% definida para o exercício.

Confira a movimentação nos índices de preços:

Clica na  para abrir em tela cheia

Leia também

INSTITUCIONAL 10 agosto, 2022

Fecomércio SC empossa nova diretoria para quadriênio 2022-2026

INSTITUCIONAL 04 agosto, 2022

Fecomércio SC lançará Carta do Comércio SC para marcar 74 anos e posse da nova diretoria

INSTITUCIONAL 04 agosto, 2022

Nova diretoria da Fecomércio SC será empossada nesta terça-feira (9)

Trabalhista 04 agosto, 2022

Senado aprova novas regras trabalhistas para períodos de calamidade