ECONOMIA

Definido piso mínimo regional para 2020 em Santa Catarina

Atualizado em 31 janeiro, 2020

As entidades patronais e laborais de Santa Catarina definiram a correção do Piso mínimo regional, em acordo firmado nesta quinta-feira (30), em Florianópolis. Este é o décimo ano consecutivo em que as entidades de SC negociam a variação, com participação da Fecomércio SC e demais Federações patronais, laborais e Centrais Sindicais.

O reajuste do piso pago às categorias profissionais da iniciativa privada que não possuem definição salarial em lei federal, convenção ou acordo coletivo, está dividido em quatro faixas. Em média, o aumento foi de 4,97%. Os valores serão retroativos a 01 de janeiro de 2020.

Primeira faixa: de R$ R$ 1.158 para R$ R$ 1.215,00

Segunda faixa: de R$ R$ 1.201 para R$ 1.260,00

Terceira faixa: de R$ 1.267 para R$ 1.331,00

Quarta faixa: de R$ 1.325 para R$ 1.391,00

As empresas do setor de comércio e prestação de serviços estão enquadradas, em sua maioria, nas faixas 3 e 4.

O piso mínimo regional está previsto em lei desde 2010 e Santa Catarina se diferencia dos outros estados ao definir os valores em negociação entre representantes de empregadores e empregados, atendendo o interesse dos dois lados.

A proposta será entregue ao governador do Estado, Carlos Moisés da Silva, que a enviará à Assembleia Legislativa de Santa Catarina para aprovação. Após votação, segue para sanção do Executivo.

Leia também

FECOMÉRCIO 07 abril, 2020

Confira medidas tributárias para minimizar crise gerada pela Covid-19

FECOMÉRCIO 03 abril, 2020

Governador sinaliza veto ao PL que prorroga prazo do ICMS em SC

FECOMÉRCIO 02 abril, 2020

Governo Federal publica MP que permite mudanças na jornada de trabalho e salários

FECOMÉRCIO 02 abril, 2020

Obras e atividades da construção civil estão autorizadas em SC