MERCADO

Entidades empresariais pedem prorrogação da obrigatoriedade do Bloco “X” em SC

Atualizado em 29 setembro, 2020

A Fecomércio SC integra o time de entidades empresariais que pedem a postergação da obrigatoriedade do Bloco “X” e adoção da Nota Fiscal ao Consumidor Eletrônica. Em reunião nesta quinta-feira (18), no Conselho Regional de Contabilidade de Santa Catarina (CRCSC), o grupo discutiu o teor do documento que será entregue ao governador Carlos Moises.

A obrigação tributária acessória conhecida como Bloco X, programada para ser implementada a partir de 1º de junho, exige o envio diário para a Sefaz de informações de estoque, compra e vendas dos estabelecimentos

Para a Fecomércio SC, esta obrigatoriedade precisa ser melhor discutida entre o Governo do Estado e o empresariado catarinense, visto que mais de 95% das empresas em SC são micro e pequenas empresas sem condições financeiras de arcar com os custos das mudanças exigidas.

A modernização do sistema deve ser prioridade, conforme o presidente do CRC SC, Marcello Seemann, já que Santa Catarina é o único estado que ainda utiliza os antigos cupons fiscais. A NFC-e (Nota Fiscal ao Consumidor Eletrônica) foi criada em 2013 pela Receita Federal para que todo o país tivesse um padrão único de nota fiscal.

“A migração do sistema para NFC-e reduz substancialmente os custos para o cumprimento das obrigações fiscais, aumenta a competitividade das empresas, reduz o preço dos produtos e serviço para o consumidor final e o nível de informalidade, aumentando a arrecadação do Estado”, comenta Lucas Rossetto, assessor tributário da Fecomércio SC.

Como encaminhamento da reunião, as entidades aprovaram um documento no qual reivindicam a prorrogação do prazo do Bloco X e a adoção da Nota Fiscal ao Consumidor Eletrônica, que será entregue ao governador em audiência na próxima semana.

 

 

Leia também

ECONOMIA 26 fevereiro, 2021

Decreto suspende funcionamento de atividades não essenciais no fim de semana em SC

ECONOMIA 26 fevereiro, 2021

Estados não poderão cobrar diferencial de alíquota de ICMS a partir de janeiro de 2022

ECONOMIA 25 fevereiro, 2021

Governo de SC anuncia novas restrições para evitar avanço do coronavírus

Trabalhista 19 fevereiro, 2021

Boletim trabalhista