MERCADO

Entidades empresariais reivindicam a prorrogação do Bloco X ao governo do Estado

Atualizado em 19 março, 2021

A Fecomércio SC e entidades empresariais estiveram reunidas com o governador Carlos Moisés na tarde desta quarta-feira (24), para a entrega do documento que solicita a prorrogação da obrigatoriedade tributária acessória conhecida como “Bloco X” e adoção integral da NFC-e.

Presente na reunião, o vice- presidente de supermercados da Fecomércio SC, Atanazio dos Santos Netto ressaltou a importância do alinhamento do setor produtivo com o Governo do Estado e a Secretaria da Fazenda no debate acerca das dificuldades que a obrigação tributária acessória pode gerar às empresas em especial aos micro e pequenos empresários.

“É uma pauta extremamente urgente para a classe produtiva que será penalizada devendo se adequar em curto tempo. Por isso, fizemos  uma proposta que seja prorrogado esse prazo e acelerado o processo de implementação do cupom fiscal no modelo eletrônico para que se modernize o processo e diminua a burocracia reduzindo os altos custos às empresas”, explica Netto.

Como encaminhamentos da reunião, ficou acordado um novo encontro, no qual será apresentada a posição do governo após análise de viabilidade da equipe técnica da Secretaria.

Estiveram presentes na reunião e assinaram o documento as entidades: CRC SC; ABRASEL SC, FCDL, AFRAC, ACATS e o Deputado Estadual Bruno de Souza.

 

Entidades empresariais pedem prorrogação da obrigatoriedade do Bloco “X” em SC

Leia também

ECONOMIA 24 setembro, 2021

Confira o calendário de obrigações tributárias de outubro/2021

ECONOMIA 23 setembro, 2021

Selic aumenta e juros voltam aos níveis de 2019

ECONOMIA 22 setembro, 2021

Compras de presentes devem se concentrar na semana do Dia das Crianças em SC

PESQUISA 21 setembro, 2021

Resultados da temporada de inverno apontam para retomada do turismo em SC