INSTITUCIONAL

Fecomércio avalia cenário positivo para o Turismo em 2023

Atualizado em 08 janeiro, 2024

Com saldo positivo de empregabilidade, instituição aposta em mercado aquecido para essa temporada

 

O mês de julho fechou com saldo positivo no setor de turismo em Santa Catarina. Dados da Fecomércio mostram que este foi o primeiro mês do ano com resultado de contratações superior ao de demissões, mantendo mais 223 postos de trabalho na área, o que demonstra uma tendência satisfatória para todo o semestre. “É um movimento que sinaliza que o turismo está indo um pouco melhor que o ano passado. Além da boa temporada e de eventos importantes, como a Ocean Race em Itajaí, o Festival de Dança em Joinville, ou as agendas realizadas no Expocentro de Balneário Camboriú, as empresas seguiram em condições favoráveis de manter seu fluxo nos meses de junho e julho, nem sempre positivo em nosso estado”, explicou o presidente da Fecomércio, Hélio Dagnoni.

O levantamento aponta que o saldo reduz o acumulado do ano para -1.209 e as atividades com melhor desempenho foram Hotéis (59), Agências de Viagem (45) e Lanchonetes, Bares e similares (40). “Foi um movimento natural, o que nos leva para boas expectativas nos próximos meses”, comentou o coordenador do observatório do turismo da Fecomércio, André Carvalho.

A vinda de novos voos diretos e de baixo custo da Argentina, Uruguai e Peru, anunciados pela Sky, deixam o empresário do turismo esperançoso, mas também preocupado. A temporada tende a ter um impacto ainda maior na empregabilidade, mas exige maior preparo da força de trabalho, como o idioma.

“Se considerarmos que a maior parte das empresas é micro, temos um desafio para dispor de pessoal adequado. Ao mesmo tempo, Lima pode se tornar um ponto de apoio importante para voos vindos de outras regiões, como a América Central, então estes novos visitantes podem prover uma demanda inédita para o Estado, em volume de estrangeiros e origem diversificada, exigindo maior qualidade de serviços”, analisou.

Levando em consideração que os números de empregabilidade apresentam o maior volume de contratações em nível de escolaridade apenas com o ensino médio, o empregador deverá se preparar com cursos de capacitação e treinamentos especializados na área.

“Estamos caminhando para uma temporada com aumento significativo de voos internacionais e que vão demandar um público maior e de maior poder aquisitivo também. E tudo isso irá demandar mão de obra qualificada. Esse turista que escolheu vir para cá e não optou por outro lugar, como o caribe, quer ser tão bem atendido quanto lá. E com isso queremos fidelizar esse visitante”, finalizou.

Qualificação profissional

Para profissionalizar ainda mais o setor, é necessária mão de obra qualificada. Por isso, uma parceria recente entre o Senac SC e o Ministério do Turismo ofertou 1.120 vagas gratuitas para cursos na área em todo o Brasil. Somente no estado, foram quase 300 inscritos. Entre os cursos disponíveis estão: Agente de Viagens, Cerimonial e Protocolo para Eventos, Planejamento e Organização de Eventos Sociais e Boas Práticas para Serviços de Alimentação e Distribuição.

O curso com maior adesão foi o de Agente de Viagens, profissional responsável por intermediar a aquisição de passagens aéreas, rodoviárias, ferroviárias e marítimas, a reserva de acomodações e passeios, refeições e entretenimento quando necessário, a locação de autos e serviços de guiamento e intérprete, organizando o roteiro da excursão e providenciando seguro. Além disso, o agente de viagens orienta o cliente na escolha da viagem adequada a seus interesses e necessidades, observando fatores de tempo, época, orçamento, destino provável, documentação exigida entre outros.

“A importância de um curso de 172 horas ser ofertado de forma gratuita é uma oportunidade para, não apenas a retomada da economia, mas também para todos os profissionais buscando uma oportunidade de qualificação profissional”, ressalta Felipe Martins, analista educacional de turismo, hospitalidade e lazer do Senac SC.

Leia também

ECONOMIA 16 abril, 2024

Taxa de endividamento das famílias catarinenses cai em abril, aponta pesquisa

INSTITUCIONAL 16 abril, 2024

Sistema Fecomércio Sesc Senac oficializa compra da Sociedade Canarinho, em Gaspar

ECONOMIA 13 abril, 2024

Vendas no varejo restrito cresceu 1,7% em fevereiro

ECONOMIA 11 abril, 2024

Consumidor avalia positivamente o comércio durante a Páscoa deste ano, revela relatório