MERCADO

Museu de Florianópolis: espaço para pensar a história e discutir o futuro da cidade

Atualizado em 23 novembro, 2021

A programação especial de abertura do Museu de Florianópolis prevê a realização do 1º Ciclo de Debates em formato híbrido, nos dias 26, 29 e 30.11, e 01, 02 e 03.12, das 18h30 às 20h30, na Sala do Educativo do Museu e ao vivo pelo canal do Sesc em Santa Catarina no YouTube.

O evento contará com a participação de professores, pesquisadores, personagens da cidade, agentes culturais e gestores, que vão compor seis mesas temáticas. Terá acessibilidade em Libras e ficará disponível na referida plataforma logo após o evento.

Participação presencial: serão disponibilizadas 14 vagas para cada mesa temática, mediante inscrição prévia através do formulário. A divulgação dos selecionados será realizada no dia 22/11/2021.

Saiba maisProgramação, horário de funcionamento e ingressos

Conceito inovador

Baseado em um conceito inovador que vai além dos modelos tradicionais, o Museu de Florianópolis traz características dos museus históricos, preservando a memória da Capital catarinense, ao mesmo tempo em que olha para o tempo presente e abre um diálogo para o futuro.

Utilizando diferentes tecnologias e expondo acervos importantes, o espaço deve se posicionar no cenário museológico do município como um interlocutor para abordar questões emergentes, trazer diferentes vozes da população, pensar a história e discutir o amanhã.

A abertura oportuniza a reaproximação da população do prédio histórico construído entre 1771 e 1780. Motivado pela questão “Quantas cidades cabem dentro de uma mesma cidade?”, se projeta como espaço que busca auxiliar o visitante no processo tanto de entendimento quanto de transformação de sua própria realidade.

É um Museu sobre e para a cidade. Onde o município, seus povos e culturas, serão apresentados de inúmeras maneiras: por uma perspectiva histórica, refletindo seu passado, por seu presente e pelas possíveis prospecções de futuro para Florianópolis.

Espaço e exposições

O Museu de Florianópolis apresenta uma exposição de longa duração e uma exposição temporária que dinamiza a programação. A exposição de longa duração é composta por seis módulos expositivos que se propõem a representar Florianópolis em suas variadas dimensões.

No andar térreo do sobrado histórico de 865m² há três salas expositivas: “Um edifício, muitas memórias”, com as histórias do prédio, sua trajetória de uso e processo de restauração; “Vozes da cidade”, com depoimentos que buscam refletir as múltiplas vozes que compõem a cidade; e a sala para a exposição temporária, que abre com uma mostra interativa sobre o Boi de Mamão. Há ainda um espaço para as ações educativas, oficinas e palestras, e um ambiente voltado para reserva técnica.

O piso superior conta com quatro espaços que abrigam a exposição de longa duração. Há ainda a sala “Transição” com piso de vidro, que mostra o teto abaulado (do piso inferior), original da edificação e abriga elementos da arquitetura do prédio e outros utilizados no século XVIII.

Na sala “Ventos e Marés: de Meiembipe a Florianópolis” há uma grande projeção que discorre sobre a intensa relação de Florianópolis com o seu território. A sala “Fluxos e Atravessamentos” apresenta dados referentes ao processo de ocupação da Ilha e a diversidade que marca sua trajetória.

“Florianópolis, Presente e Futuro” trata questões contemporâneas como: empoderamento feminino, direito à cidade, plano diretor, preservação do ambiente, especulação imobiliária, mobilidade urbana e economia criativa. O módulo “Panorama” lança luz às temáticas: cultura, personagens, revoluções, colonização, festas populares, educação, Ilha de Santa Catarina e universo náutico.

Todos os espaços foram aproveitados para reverenciar a cidade. Na entrada, é possível obter informações sobre diferentes pontos turísticos e equipamentos culturais da cidade, através de recursos multimídia.

Na escada, expressões ilhéus como: “Arrombassi”, “Dazumbanho”, “Istepô”, “Moquirido”, “Tax tolo?”, entre outros marcam a visita. Há ainda um anexo na parte posterior do prédio, onde estão alocadas o Café do Museu, sanitários, elevador e as salas da administração.

Sesc e Prefeitura inauguram Museu de Florianópolis nesta terça-feira (23)

Leia também

INSTITUCIONAL 10 agosto, 2022

Fecomércio SC empossa nova diretoria para quadriênio 2022-2026

INSTITUCIONAL 04 agosto, 2022

Fecomércio SC lançará Carta do Comércio SC para marcar 74 anos e posse da nova diretoria

INSTITUCIONAL 04 agosto, 2022

Nova diretoria da Fecomércio SC será empossada nesta terça-feira (9)

Trabalhista 04 agosto, 2022

Senado aprova novas regras trabalhistas para períodos de calamidade