MERCADO

Santa Catarina consolida tendência de recuperação no mercado de trabalho

Atualizado em 01 outubro, 2020

A tendência de recuperação no mercado formal de trabalho no país e em Santa Catarina acelerou em agosto, conforme dados do CAGED, publicados na quarta-feira (30). A geração de postos formais no Estado foi relativamente maior entre os estados da região Sul, Sudeste e Centro-Oeste, com crescimento de 0,90% sobre o estoque total de emprego, o que representou um saldo de 18.375 novas vagas. No país, o crescimento foi de 0,66% com saldo de 249.388 PFT.

A distribuição setorial da retomada no emprego continua a apresentar a maioria das tendências identificadas nos meses anteriores, com concentração do saldo em Santa Catarina relacionado à Indústria (+11.414). Em agosto, porém, o grande grupamento de Serviços voltou a apresentar criação de vagas (+3.609), após fechar julho com variação negativa. Esse desempenho foi puxado pelas atividades administrativas, profissionais, técnicas e serviços complementares, de maneira que superou até mesmo o crescimento das vagas comerciais, positivo em 2.048 PFT no mês.

O grupamento de Alojamento e Alimentação, parte do grande grupamento de Serviços, está com saldo negativo pelo sétimo mês consecutivo, com fechamento de 1.621 PFT. Desde março houve perda de 22,22% no estoque de empregos, sendo de longe o grupamento mais afetado. Neste último dado mensal, apesar da continuidade dos problemas, o segmento de alojamento relacionado a Hotéis e Similares desacelerou as perdas, reduzindo somente -68 PFT.

Desempenho no comércio

O comércio catarinense registrou o terceiro mês consecutivo de geração de empregos com algumas alterações em sua dinâmica. Houve aceleração na geração de empregos nos segmentos atacadistas (+809 PFT, +0,93%), principalmente ligados a produtos de consumo não-alimentar. Já o comércio varejista continuou a apresentar crescimento, não obstante ligeira desaceleração, especialmente ligada a continuidade de problemas nos ramos de semiduráveis relacionados a vestuário e calçados, o principal segmento responsável pelo saldo positivo foi o varejo de materiais de construção, farmácias e não-especializado sem predominância de produtos alimentícios.

O segmento de hiper e supermercados, principal responsável pela geração de empregos no período mais crítico da crise, voltou a apresentar variação levemente negativa, que está provavelmente relacionada a um movimento de ajuste e readequação frente às novas condições de operação e demanda.

Perfil das vagas

Em relação ao grau de instrução, o mercado de trabalho apresentou variação positiva em todos os níveis, ainda assim a geração de empregos em agosto novamente se concentrou na faixa de ensino médio completo, bastante ligada ao setor industrial e de serviços administrativos. O grau de ensino superior completo voltou a apresentar saldo positivo, principalmente na área de serviços administrativos, indústria e vendas, e continuou a registrar problemas na área de ciência e artes, que havia levado à variação negativa em Julho.

A geração de empregos ocorreu nas faixas etárias até 49 anos, concentrada especialmente na faixa de 18 a 24 anos, enquanto continuou a apresentar, com ligeira desaceleração, uma redução de postos formais de trabalho para faixas acima de 50 anos.

Estoque em SC

O cenário de retomada no emprego se distribuiu de maneira bastante ampla no estado, com 74,9% – praticamente 3 a cada 4 municípios- registrando aumento em seu estoque de emprego formal.

As cidades que mais contribuíram para o saldo positivo foram Joinville (+3.679 PFT), São José (+787 PFT), Palhoça (+683 PFT) e Brusque (+680 PFT), e de maneira geral cidades com matrizes preponderantemente industriais e atacadistas.

Leia também

MERCADO 27 novembro, 2020

Desocupação em Santa Catarina recuou ligeiramente no terceiro trimestre de 2020

POLITICA 27 novembro, 2020

Carlos Moisés é absolvido no primeiro processo de impeachment e retorna ao cargo

MERCADO 27 novembro, 2020

COFEM apela ao secretário da Saúde por revisão nas normas que limitam ocupação no setor hoteleiro

MERCADO 27 novembro, 2020

Movimento SC pela Educação apresenta plataforma a conselheiros