ECONOMIA

Volume de vendas do comércio catarinense reage em abril

Atualizado em 08 junho, 2021

O volume de venda do comércio catarinense avançou 3% em abril em relação ao mês anterior (-0,6%)- o  crescimento, porém, ficou em 15º lugar entre 21 estados que registraram alta. O setor teve forte acréscimo de 15,3% na comparação com abril de 2020, 4,8% no acumulado do ano e 7,7% no acumulado de 12 meses.

No comércio varejista ampliado, que inclui as atividades de veículos, motos, partes e peças e de material de construção, a tendência o é semelhante: alta de 2% na comparação com o mês anterior e expressivo crescimento de 36,8% em relação a abril de 2020.

Segundo o vice-presidente da Fecomércio SC, Emilio Rossmark Schramm, o resultado positivo interrompe as sucessivas quedas mensais e a lenta recuperação do setor desde dezembro de 2020. “A alta nas vendas reflete a retomada do dinamismo das atividades econômicas mesmo diante das restrições impostas para prevenção e enfrentamento à COVID-19. Também é resultado das medidas econômicas que ajudaram a amortecer os impactos negativos, como o auxílio emergencial e o programa de preservação e manutenção de emprego e renda”, avalia.

Desempenho dos setores

O movimento positivo não foi linear entre os segmentos, por isso, a retomada é desigual e algumas atividades ainda acumulam perdas. Dentre os 10 principais grupos de atividades da pesquisa, três apresentam variação negativa nos últimos 12 meses: livrarias e papelarias (-26,1%), equipamentos e materiais de escritório, informática e comunicação (-32.3%) e, combustíveis e lubrificantes (-5,4%).

O setor de tecidos, vestuário e calçados e Veículos, motocicletas, partes e peças reverteram as perdas e acumulam alta de 5,4% e 6,4%, respectivamente, em 12 meses. Porém, a retomada do segmento de vestuário parece não ser suficiente para ampliar a geração de novas vagas de trabalho, já que no acumulado de 2021 fechou 1.686 vagas no comércio varejista de artigos de vestuário e acessórios e 774 no comércio varejista de calçados e artigos de viagem.

Confira abaixo ou AQUI os dados dinâmicos do comércio em abril:

Leia também

ECONOMIA 13 maio, 2022

Volume de serviços em SC interrompe trajetória negativa em março

ECONOMIA 12 maio, 2022

Consumidores em SC adotam alternativas para driblar inflação, aponta Fecomércio SC

ECONOMIA 12 maio, 2022

Inflação desacelera em abril, mas alta dos preços alcança 78,25% dos produtos

ECONOMIA 11 maio, 2022

Estado aprova redução do ICMS para leite e outros produtos alimentícios