ECONOMIA

Setor de serviços acelera criação de empregos e comércio apresenta sinais de retração em SC

Atualizado em 31 março, 2022

O mercado de trabalho formal catarinense acelerou a geração de novas vagas em fevereiro, com a criação de 28.484 postos de trabalho, após movimento positivo em janeiro (23.442). No ano, foram criados 51,9 mil empregos, o 2º melhor resultado em número absoluto dentre as unidades da federação. O volume expressivo na criação de postos de trabalho, comparado aos demais Estados, mostra a força da diversidade da economia catarinense.

> Leia a análise sobre o Caged- Fevereiro/2022

O comércio abriu 1.337 novos postos de trabalho, depois de fechar janeiro com saldo negativo ( -2.789). No acumulado do ano foram fechadas 1.452 vagas. O resultado do mês foi concentrado no comércio atacadista (+1.173), enquanto, o comércio varejista teve saldo negativo de 448, o segundo consecutivo (-3.584 em janeiro).

O setor de serviços, o mais impactado pela crise da pandemia, segue em ritmo de retomada ao criar 16.188 novas vagas de empregos, depois de saldo positivo de 6.351 no mês anterior. No acumulado do ano, é o setor que lidera a geração de emprego no Estado, com abertura de 22.539 vagas.

Confira a movimentação no mercado de trabalho:

Clica na  para abrir em tela cheia

Leia também

MERCADO 01 julho, 2022

Novas rotas devem impulsionar turismo regional no Oeste de SC

ECONOMIA 30 junho, 2022

Mercado de trabalho mantém saldo positivo em maio, mas apresenta sinais de desaceleração em SC

INSTITUCIONAL 24 junho, 2022

Vice-presidência da Fecomércio SC reúne lideranças do Sistema no Meio-Oeste

ECONOMIA 24 junho, 2022

Derrubada de veto do governador será passo importante pela justiça tributária, aponta Fecomércio SC